Caminhada Orante 2019 – MJD Brasil

Publié le : 2 juillet

“ O caminho se faz no caminhar”

Entre os dias 19 a 22 de junho de 2019, no último feriado de Corpus Christ, a Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe participou da Caminhada Orante junto com o Movimento Juvenil Dominicano. Em clima de celebração dos 10 anos do Movimento no Brasil, percorremos 67km na região sul de Minas Gerais. Um caminho de Santa Rita do Sapucaí- MG até Wenceslau Braz - MG com um cenário incrível e a companhia fraterna e de oração entre os 17 peregrinos das diversas regiões do país.

Tivemos uma experiência formidável de experiência com Deus. A memória da caminhada Orante traz um jeito particular em falar de espiritualidade dominicana numa dinâmica marcada em relação com o outro. A aproximação de amor, cuidado, resistência e fraternidade ao longo trecho de estradas. E fomos explorando em profundidade a descoberta do ser, a contemplação da natureza ao redor, a escuta do peregrino em nós, e no outro – Graça e alegria ! Peregrinar é aprender, lado a lado, a partilha de histórias de vida. Viver a confiança, experimentar o Deus presente em diversidade de sentimentos e bondade que edifica o modo certo de amar e servir.
Que a vida nos provoque sempre esse desejo de encontro junto a todos os companheiros que cruzam os nossos caminhos, pois o caminho se faz no caminhar e o Reino de Deus é presente de cada novidade dessa estrada compartilhada. (Ir.Luciana Souza, OP).

Eu, Luiza Helena Gonçalves, tenho 21 anos e sou aspirante da Irmãs Dominicanas (CRSD), moro no Barreiro, na comunidade Nossa Senhora de Guadalupe.
Participamos da Caminhada Orante com um grupo de 17 jovens do Movimento Juvenil Dominicano. De Belo Horizonte foram Três pessoas ; eu, Irmã Luciana Vinicius OP e Bianca Roberta (Membro do Movimento Juvenil e da Fraternidade Leiga Dominicana). Foram três dia de caminhada, vivenciamos momentos de muita espiritualidade, oração e leveza. A cada dia de caminhada aprendi a olhar para dentro de mim mesma, e tirar o melhor que eu tenho, como se a caminhada tivesse tirando de mim todas as impurezas e deixando uma nova pessoa. Aprendi a reconhecer os meus limites e a superá-los. Sentir muitas vezes, que a cada passo e a cada suor que escorria pelo meu corpo, eu chegava mais próxima de Deus. Em minhas orações, agradecia a Deus por todas as suas obras maravilhosas que eu contemplava durante todo o caminho, agradecia também por poder estar desfrutando daquela rica e inspiradora peregrinação com pessoas tão generosas e acolhedoras.
Mais uma vez agradeço de coração as Irmãs Dominicanas e o Movimento Juvenil por me proporcionar essa experiência tão linda em minha vida. (Luiza Helena – aspirante CRSD)

Irmã Luciana Vinícius de Souza