Projeto missionário na Amazônia em parceria - Irmãs Dominicanas

Publié le : 6 mai

Em 24 de abril de 2024, as Irmãs Arta Izabel, da Congregação Santa Catarina de Sena, Irmã Terezinha Ferreira Costa, da Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils, e Luci Morais Leiga Dominicana chegaram à comunidade de Tamanicuá para iniciar um projeto intercongregacional das Irmãs Dominicanas.

A chegada foi calorosamente recebida pela comunidade. Ao se aproximarem de Tamanicuá, fogos de artifício anunciaram sua chegada, enquanto um grande grupo de pessoas os aguardava, segurando um cartaz com a foto das três irmãs. Abraços calorosos, votos de boas-vindas e jovens ajudando a carregar as malas deram à chegada um ar de celebração quase como uma procissão. Após acompanhá-las até a casa, onde as malas foram deixadas, desfrutaram de um delicioso almoço na residência de uma das líderes locais, seguido por uma agradável pescaria no quiosque do Senhor Jânio.

À noite, às 19h30, houve uma celebração Eucarística presidida pelo Bispo José Altevir, durante a qual as irmãs foram oficialmente apresentadas à comunidade. Após a celebração e uma sessão de fotos, houve uma breve reunião com algumas lideranças locais, na qual Dom Altevir enfatizou a contribuição positiva que as irmãs trariam à comunidade. Ao término da reunião, todos desfrutaram de um jantar antes de se recolherem para descansar.

A comemoração se estendeu até o domingo com o almoço festivo preparado pela comunidade local, incluindo muitas comidas típicas da região.

A comunidade missionária está localizada na Prelazia de Tefé, uma região profundamente dedicada ao trabalho missionário, onde as comunidades ribeirinhas contam com a presença das irmãs para ouvir as necessidades do povo, proclamar a Palavra de Deus e promover o desenvolvimento humano. A presença de um Sacerdote é mais esporádica, geralmente ocorrendo apenas durante festividades anuais.

A área missionária abrange três municípios, divididos em sete setores, os quais, por sua vez, englobam 25 comunidades, todas situadas nas margens dos rios.

Irmã Solange